Entrega em todo Brasil! 🚚
Parcele em até 10x no cartão de crédito! 💳
Mais de 100.000 livros vendidos 🎉
Tenha acesso a mais de 60 receitas para toda a família! 🎁
Sucesso em mais de 50.000 famílias! ✨

Café na gestação e amamentação

A cafeína tem sido alvo de estudos já há bastante tempo. Seu uso na gestação é controverso e enquanto muitos associam o excesso desta a casos de parto prematuro e de baixo peso ao nascer, outros estudos garantem que o risco é baixo e a dose precisa ser muito alta.
☕️ Outra dúvida que existe é no uso da cafeína por mulheres que amamentam. Alguns estudos demonstram que o bebê tem dificuldade em metabolizar a cafeína e que mesmo a pouca quantidade excretada no leite materno pode deixar o bebê mais agitado ou com a absorção de nutrientes prejudicada.
✅ Por margem de segurança, o valor aconselhado de consumo de cafeína por dia, em grávidas e lactantes, é de até 300 mg.
Isso equivale a 3 xícaras de café, mas é importante lembrar que a cafeína está presente no chimarrão, em alguns chás, refrigerantes e chocolates! E que este valor pode ser menor de acordo com o biotipo da mulher.

Obs: novos estudos sugerem que não há quantidade segura no consumo de cafeína na gestação. O melhor é optar pelos cafés descafeinados através de métodos naturais de extração de cafeína (sem uso de solventes), deixando o consumo da cafeína para situações esporádicas.

1 comentário em “Café na gestação e amamentação”

  1. Bom dia. Estou com 4 meses e retirando a cafeína, mas senti falta do hábito, apesar de só tomar 2 xícaras por dia. Substitui pela cevada, tem algum problema?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *