Introdução alimentar guiada pelo bebê

O bebê deve ser a parte ativa do processo de Introdução Alimentar. Estamos apresentando um novo mundo A ELE! Se deixe levar POR ELE!
Acredite que um bebê que se alimentou (leia-se mamou) até agora em livre demanda, também tem a capacidade de dizer quando quer comer sólidos.
Dê autonomia, dê oportunidades!
Oportunidade de tocar, cheirar, esmagar, comer (ou não), jogar no chão ou ignorar. Oportunidade de sentar e comer a refeição da família, de participar, de dizer quando e o que prefere comer.
Oportunidade de reconhecer a comida na sua forma e cor natural, sem mistura! De pegar e sentir que algumas são mais geladas, molhadas, e outras mais quentinhas ou crocantes.
Me diz se isso não é lindo? E natural!
Permita que seu bebê seja o protagonista da introdução alimentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *